10 coisas que você precisa saber sobre o Jalapão

Fala galera! Animados para próxima viagem?

Bem.. caso pensem em ir para o Jalapão um dia, nós super recomendamos. Seguem aqui algumas dicas necessárias para se programar:

1- O Jalapão não é só aquele monte de dunas. As dunas são lindas, mas são apenas um atrativo do todo.

2- Outros atrativos do Jalapão ficam dentro do Parque Estadual do Jalapão, no seu entorno e fora dele.

3- As principais cidades são Ponte Alta do Tocantins, Mateiros e São Felix do Tocantins. Quando falamos cidade, referíamos a muito pequeno e simples, como na foto abaixo (frente da pousada que ficamos em Mateiros).

DSC00313

4- As estradas são de terra ou areia. A estrada principal, que é estadual, é terra e muito mal conservada, quase todas as outras são de areia. É preciso carro apropriado e um motorista experiente. Sim, vimos carros inapropriados, sim vimos muitos carros atolados. E com certeza não passaram por alguns locais por onde passamos.

5- É tudo muito longe. Você anda quilômetros consideráveis de carro, de um ponto a outro. Só quando chega nos atrativos, você entende a razão de ter andando tanto. Não é mais ou menos.  Tudo é belíssimo, muito interessante, uma obra de arte!

6- Não tem  sinalização. A estrada principal é uma TO, mas quase não tem placas. Na verdade tem uma ou outra discreta, mas não te levam certo até o local.

7- Não tem sinal de celular. Como é de se esperar…:)

Visualizar Alterações

8- Na cidade de Mateiros, no meio do Jalapão. A gasolina custa 5 reais e o diesel 4. (Algum lugar no planeta o combustível é de fato mais caro do que no Rio de Janeiro).

9- Você não precisará fazer longas trilhas. Na verdade você chega quase perto de tudo de carro.  Você anda muito é de carro. Em um tour pelas principais trilhas do Jalapão você andará aproximadamente 850 km em estrada não asfaltada. Uma das poucas trilhas longas feitas no Jalapão é a Serra do Espirito Santo.

10- Posso ir sem guia? Se você tiver um carro apropriado, um bom motorista, tempo para se perder e espirito muito aventureiro sim. Agora se faltar uma dessas coisas, não recomendo. Conhecemos um casal, um alemão e uma austríaca, que transportaram o carro de Montevidéu e estavam em uma longa viagem. Não falavam português, e claro, pareciam perdidos, porém bem equipados.

Faça as malas e boa viagem!

Veja aqui como foi o nosso roteiro.