Cânion do Xingó : planejando um belo passeio em Sergipe

É lindo! É lindo demais! O passeio pelo chamado Cânion do Xingó é um dos atrativos de destaque de Sergipe, sem dúvidas alguma. É o quinto maior cânion navegável  do mundo. O cânion surgiu devido ao represamento do Rio São Francisco para a construção da hidrelétrica do Xingó. Da mesma forma como surgiu os cânion famoso da cidade mineira de Capitólio (clique aqui para saber mais) devido ao represamento do rio para a construção da hidrelétrica de Furnas. Visualmente é bem parecido, aquele rio lindo cercado de paredões rochosos.  No Xingó diferentemente, de  Capitólio, não se tem acesso a parte superior do cânion , apenas por baixo.  Porém o cânion sergipano é visualmente mais imponente que o mineiro.

O passeio para os Cânion do Xingó parte da cidade de Canindé de São Francisco localizada a 210 km de Aracaju.  Vale ressaltar que são 210  km de uma estrada ruim, o que faz a viagem ser bem longa. Caso esteja de carro, o ideal é dormir em Canindé de São Francisco, ir e voltar no mesmo dia dirigindo é bem cansativo. Nós ficamos hospedados em Aracaju e contratamos um passeio de uma agência, a Nozes Tour para visitar o cânion (onibus+guia , 60 reais por pessoa).

O ônibus da agência, acompanhado com o guia, nos pegou no hotel em Aracaju, bem cedo, e nos levou até Canindé de São Francisco. Lá pegamos um Catamarã (70 reais) e realizamos um passeio que dura entorno de três horas pelas águas do Rio São Francisco. O passeio de catamarã é tranquilo, a vista maravilhosa e ainda conta com uma musiquinha regional (ambiente, baixa, sem perder o clima contemplativo).

Na parte mais bonita do cânion, o local mais estreito até aonde o catamarã consegue chegar há uma parada para banho. Nesse momento, quem quiser, pode pegar um barco a remo e seguir até mais adiante por dentro do Cânion É um trecho curto, mas gostoso. Pagamos 5 reais por pessoa.

O banho só é permitido em uma área delimitada e cercada por uma tela no rio. É uma área grande e suficiente para as pessoas que estão no catamarã aproveitar um bom banho no rio São Francisco contemplando o belo cânion. Sobre a área ser delimitada alegam que é para a segurança das pessoas devido a profundidade e também por conta dos animais. Não soubemos, por sinceridade, expressar “que bom” ou “que pena” pela área ser delimitada. Só temos a certeza que foi tudo muito bom!

Após um bom tempo de parada, retornamos no catamarã para Canindé. Chegando lá almoçamos no restaurante Karrancas, no sistema de buffet livre (30 reais) . Depois retornos para Aracaju suspirando e relembrando o maravilhoso Cânion do Xingó.

E você conhece o Cânion do Xingó? Quer conhecer? Conta para a gente!

___________________

Onde ficar em Aracaju? Recomendamos o Celi Hotel.