São João Marcos: um passeio pelas ruínas da primeira cidade tombada

Quantas coisas não são feitas em nome do “progresso”? A capital crescia e precisava de água e eletricidade. Solução: construir uma represa e destruir a primeira cidade tombada pelo SPHAN (Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). E assim foi demolida a cidade de São João Marcos na década de 1940. Hoje, o interessante Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos que vamos apresentar aqui.

Bem, vamos começar com um pouquinho da história da cidade.

A cidade de São João Marcos desempenhou importante papel na produção cafeeira e no comércio de escravos. A população da cidade atingiu o seu auge  no final do século XIX quando teve aproximadamente  20.000 habitantes. A cidade tinha uma boa estrutura urbana composta por prefeitura, cadeia, hospital, igreja, colégios, teatro, clubes associativos e esportivos.

A cidade foi tombada em 1939 pelo SPHAN, atual IPHAN , e destombada em 1940. Ambas as ações ocorreram durante o governo de Getúlio Vargas, que desapropriou as terras da cidade. O último prédio da cidade a ser demolido foi a Igreja Matriz, já que os operários se recusavam a executar o serviço pois consideravam um grande pecado demolir a igreja.

13087717_1048694005204726_6237558591555069132_n
Maquete da antiga cidade

Depois de quase 70 anos esquecida, foi inaugurado o Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos, onde localizava-se a cidade. O visitante pode conhecer e caminhar pelas ruínas do parque, cercada por uma área de mata atlântica preservada. O lugar é muito agradável. Lá, nossa imaginação bate asas e vai longe pelas ruas da cidade que não mais existem.

No Parque, há também uma exposição com objetos, painéis e um vídeo que contam a história da cidade. Todavia, para entrar no clima da antiga cidade, recomendamos assistir ao vídeo, pois contém os depoimentos de ex (e antigos) moradores que contam em detalhes o dia-a-dia desse lugar encoberto pela água, pelo “progresso”.

O parque também conta com uma lojinha e uma lanchonete e restaurante.

Em um primeiro momento pode parecer estranho o convite para visitar uma cidade que não mais existe. Porém é algo muito bom. Visitar o parque, além de um momento agradável, é um ótimo espaço para se pensar na vida, no progresso e no que realmente nos importa. O que realmente nos mantem firmes e vivos?

Ah… Para aqueles que adoram pássaros, o Parque oferece um lindo mirante para observação e contemplação.

Onde fica? No Rio de Janeiro. É um programa bom para quem mora no Rio ou Grande Rio para ir e voltar no mesmo dia. O parque está localizado na Serra do Piloto (RJ- 149), é uma estrada que liga a Rio-Santos ( BR-101) na altura de Mangaratiba até Rio Claro próximo a Via Dutra (BR- 116). A Serra é bem sinuosa, mas é uma estrada calma e com uma bela vista. Destacamos aqui o mirante que existe antes do Parque no sentido Mangaratiba – Rio Claro. Seguem as indicações exatas:

Endereço: Estrada RJ-149 (Rio Claro-Mangaratiba) Km 20 – Rio Claro/RJ

Pela Via Dutra
Siga a Via Dutra (BR-116) em direção a São Paulo.
Pegue a saída 237 e, em seguida, vire à esquerda em direção a cidade de Rio Claro.
Ao passar pela entrada da cidade de Rio Claro, vire à esquerda, entre na estrada RJ-149.
Descendo a estrada em sentido a Mangaratiba, a entrada do Parque fica à esquerda da pista, aproximadamente 20km de Rio Claro.

Pela Rio-Santos
Na rodovia Rio-Santos (BR-101) em direção a Angra dos Reis,
no trevo de Mangaratiba, vire à direita para pegar a Serra do Piloto (RJ-149).
Alguns trechos estão protegidos pelo Patrimônio Histórico Nacional e por isso mantém o calçamento original de pedras e terra.
Subindo a estrada em sentido a cidade de Rio Claro, a entrada do Parque fica à direita da pista, aproximadamente 20km de Mangaratiba.

13094310_1048694215204705_5616550185965829919_n

O Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos funciona de de quarta a sexta-feira das 10h às 16h  e sábados e domingos,das 9h às 17h. A entrada é franca.

Para mais informaçãoes sobre esse parque, a cidade e sua história, acessem  http://www.saojoaomarcos.com.br/.

Boa visita! Boas reflexões!

Você conhece o Parque? Comenta aí e conta se gostou.

3 comentários em “São João Marcos: um passeio pelas ruínas da primeira cidade tombada

Os comentários estão desativados.