UMA SÓ CARNE, uma só mochila, um só blog! #DiaDoAmorQG

Hoje não vamos falar de um lugar especifico, mas da melhor experiência de nossas vidas, a nossa melhor viagem, que por sinal é a que ainda estamos fazendo.

Esse post faz parte da proposta do Dia do Amor do QG dos Blogueiros, especial do Dia dos Namorados, que tem como proposta homenagear a pessoa amada. Como escrevemos juntos, literalmente a quatro mãos, decidimos partilhar aqui a nossa principal e melhor experiência juntos. No nosso primeiro post do blog relatamos que viajar é uma experiência de vida e é desta que falaremos aqui.

Chegamos em um momento de nossas vidas em que decidimos fazer as malas, sair do conforto de nossos lares para experimentar o que melhor poderíamos descobrir no mundo. Arregaçamos as mangas, trabalhamos, planejamos  a tão sonhada experiência de vida, saímos decididamente da casa de nossos pais para embarcar nessa viagem sem volta: ser uma só carne. Dissemos sim ao sacramento do matrimônio, nos tornamos uma só carne, experimentamos a mais profunda experiência de vida: amar e ser amado.

 

Muitos mochileiros e viajantes se referem ao fato de encontrar alguém para viajar o mundo e percorre trilhas como achar a  “mochila” gêmea. Não podemos dizer que achamos a “mochila” gêmea, mas que de fato nos tornamos uma só mochila. A mochila de um viajante guarda experiências e vivências, particularidades e é intima de quem a carrega. Assim decidimos fazer de nossas vidas, partilhando e multiplicando a vivência mais profunda de cada um. Nos tornamos uma só carne com uma só mochila.

Saímos então por aí… E, como já falamos, ainda estamos nessa mesma viagem. Passamos por muitas trilhas, museus, cachoeiras, navegamos em muitos rios, nadamos em muitos mares, conhecemos muitas pessoas, nos perdemos, rimos, beijamos, abraçamos, choramos, lavamos muita louça, arrumamos casa, cozinhamos, lavamos roupa, trabalhamos, estudamos… Dormimos em campings, no carro,em hotéis, pousadas e no aconchego da nossa casa. O melhor de todas as experiências é ter a certeza de que sempre estamos no melhor lugar do mundo, não importando tanto onde nossos pés estão pisando, o que nossos olhos estão vendo, o cheiro, o clima nada… Basta um abraço, um olhar e uma palavra, para saber que ali  é o melhor da viagem e o melhor canto do mundo que alguém pode conhecer o local chamado: Ser Amado.

No incio dessa partilha aqui comentamos que essa viagem é a que por sinal ainda estamos realizando. A expressão “por sinal”  foi empregada não apenas para destacar ou conectar ideias, mas por ser, de fato,  um sinal em nossas vidas  da presença daquele que nos criou e que nos espera de braços abertos no fim dessa viagem para uma experiência de amor tão profunda que aqui nessa estrada não conseguimos vivenciar. O que de fato faz cada um de nós ser para o outro o melhor local que podemos e queremos estar é que com o outro sentimos um pouquinho daquilo que anseia o nosso coração: o reino celeste.

   

Sonhamos e planejamos realizar muitas andanças pelo mundo que conhecemos, sempre vivendo a beleza dessa grande experiência de viver em qualquer lugar na certeza de que é o melhor lugar do mundo: os braços do nosso amor. E no final dessa viagem, ao chegarmos ao destino final, entenderemos tudo que sentimos e possivelmente exclamaremos como o  unicórnio, das Crônicas de Nárnia, de C.S. Lewis, ao chegar no reino dos céus:

“Finalmente voltei para casa! Este sim é o meu verdadeiro lar! Aqui é o meu lugar. É essa a terra pela qual tenho aspirado a vida inteira, embora até agora não a conhecesse. A razão por que amávamos a antiga Nárnia é que ela, às vezes, se parecia um pouquinho com isto aqui.”

Por enquanto vamos amando, multiplicando o amor e partilhando aqui no blog trechos da nossa grande viagem de amor para o Amor!